Acordes

Junte-se a milhares de tecladistas inteligentes e receba atualizações,
artigos e aulas exclusivas para levar sua musicalidade a um alto nível

Os surpreendentes Acordes Subdominantes!

Os surpreendentes Acordes Subdominantes!

Fala tecladista! Aqui é a Raquel Xavier, do Aprenda Piano, para conversar com você sobre os acordes subdominantes.

São as funções harmônicas que nos dizem qual o papel de cada acorde no campo harmônico, neste caso vamos falar dos acordes subdominantes.

Acredito que já tenha ouvido falar da tônica e dos acordes dominantes, não é mesmo? 

Os acordes subdominantes vem ganhado espaço e assim aparecendo em lugares onde antes a tônica dominava, quer entender melhor?

Então vamos juntos até o final deste artigo!

FUNÇÕES HARMÔNICAS

O papel das funções harmônicas nada mais é que classificar os acordes de acordo com a sensação que ele nos dá, ou que tem dentro da música. Chamamos isso de harmonia funcional.

Classificamos em três grandes funções:

  • Tônica
  • Dominante
  • Subdominante

Sim, cada acorde realmente exerce uma função.

Como em uma empresa com vários setores, cada setor com a sua função e todos juntos fazem o bom funcionamento da empresa, certo?

Na música, a é a mesma coisa, para que o campo harmônico “funcione” cada acorde precisa realizar a sua função!

O ACORDE SUBDOMINANTE

Dentro das funções harmônicas o acorde dominante tem uma sensação intermediária, sabe por que?

Porque ele não tem a estabilidade sonora da tônica, ou seja, o “repouso”, o “alívio” da tônica. E também não tem a instabilidade da dominante, assim o acorde dominante nos dá a sensação de preparação, de que necessita de um acorde de repouso após ele.

Então o acorde subdominante é o meio termo entre a tônica e a dominante.

ACHANDO O ACORDE SUBDOMINANTE

Dentro do campo harmônico os acordes subdominantes vão estar no 2° e no 4° grau.

Veja no campo harmônico de Dó Maior:

C Dm Em F G Am B° C

Aqui o 2° grau será o Dm e o 4° grau o F.

Podemos fazer uma progressão de 1 4 5, que na tonalidade de Dó Maior ficaria:

C F G

Toque e sinta que o 1° grau (C) é forte e estável.

Já o 5° grau (G) é instável e “chama” um repouso, que é encontrado no 1° grau.

E o 4° grau (F) não tem as características tão forte quanto os outros graus.

Vamos tentar fazer em outra tonalidade?

No campo harmônico de Sol Maior, por exemplo:

G Am Bm C D Em F#° G

Agora Am e C são os acordes subdominantes!

Uma curiosidade é que o 2° grau é o acorde relativo menor do 4° grau!

COLOCANDO A SÉTIMA

Para os acordes temos três sons, ao incluir a sétima ele terá quatro.

Voltando a tonalidade de Dó Maior, o acorde subdominante é o F composto pelo 1° –  3° –  5° (Fá – Lá – Dó). Agora vamos colocar a sétima maior.

O acorde ficaria com 1° – 3° – 5° –  7°M, com as notas Fá – Lá – Dó – Mi.

Veja no teclado:

Dó Maior com sétima

Em uma progressão de acordes com sétima ficaria assim:

1 4 5

A sétima faz um diferença incrível na harmonia! Como diz um de nossos professores do Aprenda Piano: “A sétima potencializa a função do acorde”. E realmente é isso, a sétima realça a função harmônica de cada acorde.

GANHANDO ESPAÇO

Os acordes subdominantes, apesar de ser de baixa intensidade, eles vem ganhando espaço na música popular, vou te mostrar um exemplo:

Na música Singular da dupla Anavitória, o tom da música é B. E mesmo o Si maior sendo a tônica não é ela que começa as partes mais importantes da música.

Veja o primeiro verso da música:SingularPercebeu que a primeira nota é a subdominante?

Que incrível né? E mesmo não começando com a tônica a harmonia fica linda com a subdominante em um lugar de “destaque”.

No refrão, que é outra parte da música muito importante, acontece a mesma coisa, só que com o outro acorde subdominante, que é o 2° grau.

O 2° grau é ainda menos intenso que o 4° grau, mas veja como ele “funcionou” bem.

Singular - (Refrão)

Olha como ficou legal o uso da subdominante menor!

É muito massa quando alguém faz algo que a gente não imagina que ela possa fazer, e na música “teoricamente” ninguém dá nada pelo acorde subdominante, mas ele começou a mostrar o poder que ele pode ter no meio da harmonia.

TODOS OS ACORDES SUBDOMINANTES

Para te ajudar no estudo dos acordes subdominantes e até a encontrar eles em uma sequência de acorde, aí vai a tabela de todos os acordes subdominantes. 😉

Tabela 1 4

CONCLUINDO

Depois desse artigo tenho certeza que você vai ver os acordes subdominantes com outros olhos.

Para que comece a se acostumar com eles é só começar a praticar e procurá-los nas músicas que você já toca. 😉

Você acha que aprendeu bastante com esse artigo? Pois saiba que você pode aprender muito mais! Conheça agora mesmo o curso Piano Prime e saia do básico!

Abraço e até a próxima!
Raquel Xavier

Gostou desse conteúdo?

Participe da nossa lista VIP e receba conteúdos exclusivos via email. É grátis:

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

CONHEÇA NOSSOS CURSOS EM VÍDEO ONLINE:

Aguarde a Próxima Aula Extraordinária

Aguarde a Próxima Aula Extraordinária

Prepare-se para o lançamento de mais uma aula extraordinária do Aprenda Piano. Previsão de lançamento: final de Setembro!

Aguarde a Próxima Aula Extraordinária

Aguarde a Próxima Aula Extraordinária

Prepare-se para o lançamento de mais uma aula extraordinária do Aprenda Piano. Previsão de lançamento: final de Setembro!

Piano Prime – Técnicas Incríveis para Embelezar suas Execuções

Piano Prime – Técnicas Incríveis para Embelezar suas Execuções

Torne suas execuções inesquecíveis e emocionantes com técnicas que irão elevar rapidamente o seu nível musical

Método M30 – Realize o sonho de tocar sua 1ª música

Método M30 – Realize o sonho de tocar sua 1ª música

Aprenda a tocar sua 1ª música no piano ou teclado. O método M30 é a sua maior chance de aprender piano do zero

Aguarde a Próxima Aula Extraordinária

Aguarde a Próxima Aula Extraordinária

Prepare-se para o lançamento de mais uma aula extraordinária do Aprenda Piano. Previsão de lançamento: final de Setembro!


Aprenda Piano © Todos os direitos reservados.