Acordes

Junte-se a milhares de tecladistas inteligentes e receba atualizações,
artigos e aulas exclusivas para levar sua musicalidade a um alto nível

As Tensões mudaram meus Acordes para sempre | Dica de Teclado #26

Fala tecladista! Aqui é a Raquel Xavier do Aprenda Piano e hoje vamos a Dica de Teclado #26. Hoje o nosso assunto é: notas de tensão.

Já conhece estas notas ou já ouviu falar nelas?

Bom, já podemos associar que estas notas não são notas que nos darão uma sensação de repouso e sim de tensão, instabilidade e porque não, sofisticação.

Para encontrar estas notas teremos como base um acorde maior, então antes de só lançar a notas vou te ajudar em todo o processo, começando pelo acorde base.

Prontos? Vamos em frente!

Destrave seu aprendizado no teclado com este livro gratuito

Baixe clicando aqui!

O ACORDE MAIOR COM maj7

A primeira característica deste acorde é que ele é uma tétrade, ou seja, é um acorde composto por quatro notas ou quatro sons.

Para que seja mais fácil a associação e também para que não se preocupe tanto com o acorde base vou usar o acorde de C (dó maior) nos exemplos.

Primeiro de tudo vamos começar com a tríade de Dó Maior (C) , é importante que esta tríade básica já seja familiar para você.

A tríade de C (dó maior) é composta pelas notas: dó, mi e sol.

Veja elas no teclado:

E agora iremos acrescentar o quarto som, para que se transforme em um tétrade.

Hoje iremos acrescentar a sétima maior, ou maj7.

O maj7 é um grau da escala do próprio acorde.

Aqui a nota maj7 é a nota si, então nós precisamos apenas adicionar a nota si ao acorde maior.

As notas do acorde ficam assim: dó, mi, sol e si.

Veja no teclado:

Este acorde será a base para encontrarmos e acrescentarmos as notas de tensão.

Para seguir o exercício você irá tocar o Cmaj7 na mão esquerda.

Se você nunca tocou acordes completos na mão esquerda você pode usar estes dedos para cada nota do acorde.

  • Mínimo: nota dó
  • Médio: nota mi
  • Indicador: nota sol
  • Polegar: nota si

OS GRAUS DAS NOTAS DE TENSÃO

Para formar o acorde de Cmaj7 usamos o 1°, 3°, 5° e 7° grau, já as de tensão estarão fora do acorde.

As notas de tensão são as notas extras, são notas que serão adicionadas ao acorde, além das 4 notas do acorde teremos estas notas “extras”.

Um exemplo acrescentar o nono grau (9°) aos acorde, entre as notas do acorde a nona seria uma nota de tensão. A cifragem deste acorde seria: Cmaj7/9.

Um outro exemplo de nota de tensão é o sexto grau (6°) que também podemos localizá-lo como a décimo terceiro grau (13°). A cifragem para este acorde ficará assim: Cmaj7/13.

E também podemos usar estas duas notas de tensão juntas ao acorde, assim: Cmaj7/9/13.

LOCALIZANDO O NONO GRAU (9°)

Para encontrar o nono grau é fácil, iremos tocar a escala até encontrar a nona nota.

Veja abaixo:

dó – ré – mi – fá – sol – lá – si – dó –

1  – 2  – 3 –  4 – 5 –  6 – 7 – 8  – 9

Então nosso nono grau será a nota ré.

Como o acorde de base está na mão esquerda, esta nota você pode tocar com a mão direita.

Observe como fica o acorde de Cmaj7/9:

Lembrando que aqui a nota de tensão é o .

Livro revolucionário sobre como aprender teclado agora é gratuito!

Pegue o seu, clicando aqui!

LOCALIZANDO A DÉCIMA TERCEIRA (13°)

Assim como foi feito com a nona iremos fazer com a décima terceira.

Você vai perceber que a nota do décimo terceiro grau é a mesma que o sexto grau, só que em oitavas diferentes.

Então iremos contar, pela escala maior, e  encontrar a décima terceira nota. Veja:

dó – ré – mi – fá – sol – lá – si – dó – ré  – mi – fá – sol –

1  – 2  – 3 –  4 – 5 –  6 – 7 – 8  – 9 – 10 – 11  – 12 – 13

A nota lá será a nota que iremos acrescentar ao acorde e ela também será uma nota de tensão junto ao nono grau.

Esta nota será tocada na mão direita, junto com o grau 9.

Veja primeiro o acorde de Cmaj7/13.

E agora com as duas notas de tensão que encontramos, a nona e a décima primeira. Observe:

O acorde acima é o Cmaj7/9/13. Não é tão complicado quanto parece, não é? Rsrs.

FINALIZANDO

Podemos abrir o acorde de várias formas com essas tensões, improvisar usando elas e muita outras possibilidades de que as notas de tensão nos dão.

Conhecer e estudar essas notas de tensão geram uma drástica mudança na sua maneira de tocar, e isso não aconteceu só comigo mas sim, com a maioria dos músicos, após terem conhecimento sobre este tipo de conteúdo.

Esta é o tipo de dica para você que tem interesse de dar um passo além na música, por isso encoraje-se e estude o que falamos hoje.

Para mais aulas e conteúdos sobre música, teclado e piano:

Faça o download grátis do livro “COMO TOCAR TECLADO BEM”.

Se ficou com alguma dúvida deixe um comentário!

Um abraço e até a próxima,
Raquel Xavier

Gostou desse conteúdo?

Participe da nossa lista VIP e receba conteúdos exclusivos via email. É grátis:

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

CONHEÇA NOSSOS CURSOS EM VÍDEO ONLINE:

COMO LER PARTITURAS

COMO LER PARTITURAS

Aprenda a ler partituras de uma forma extremamente prática e simplificada. Curso ministrado pela professora Raquel Xavier

Piano Prime – Técnicas Incríveis para Embelezar suas Execuções

Piano Prime – Técnicas Incríveis para Embelezar suas Execuções

Torne suas execuções inesquecíveis e emocionantes com técnicas que irão elevar rapidamente o seu nível musical

Piano Kids – Seu filho tocando piano em 30 dias

Piano Kids – Seu filho tocando piano em 30 dias

Diferente de qualquer outro curso no mundo inteiro, o Piano Kids vai ensinar música para seu filho de uma forma divertida e emocionante.

Curso Extraordinários

Curso Extraordinários

Entre em estado acelerado de aprendizado nas teclas: estude do básico ao avançado de forma empolgante!

Método M30 – Realize o sonho de tocar sua 1ª música

Método M30 – Realize o sonho de tocar sua 1ª música

Aprenda a tocar sua 1ª música no piano ou teclado. O método M30 é a sua maior chance de aprender piano do zero